TODOS OS DIAS 14H-24H horario Portugal Continental

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

BASTA HOJE ESTÁ DE LUTO

 E POR ISSO O SILENCIO NESTA RÁDIO... 

PELA VERGONHA DESTE POVO TER PERMITIDO QUE TUDO TIVESSE ACONTECIDO PELA PERVERSÃO DO SILENCIO .... 

ESTA RÁDIO PELO SILENCIO MOSTRA A SUA MAIS PROFUNDA REPULSA 

QUER PELA POLITICA CONVENIENTE PELOS SUCESSIVOS GOVERNOS COMO PELA POPULAÇÃO 

17 OUTUBRO, 3ª F 

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) não destacava hoje, pelas 05:00, qualquer incêndio em evolução na página na Internet, depois de, no domingo, centenas de fogos terem deflagrado e causado pelo menos 36 mortos...............A chegada da chuva a algumas zonas do país terá ajudado no combate aos fogos que, ao início desta madrugada, ardiam no norte e no centro. Pela 01:30, a ANPC dava conta de 12 incêndios de maior dimensão.
(..................)

16 OUTUBRO , 2ª F

 

++++++

 partilha de Cecilia Bettencourt
- INCÊNDIO VISEU - 
Devido à gravidade da situação que se vive no distrito de Viseu, o serviço de Atendimento Permanente da CUF Viseu está disponível para receber gratuitamente os Bombeiros e toda a população afetada pelos incêndios. — em Viseu District.

++++++

Colunas de fumo por cima da cidade e o fogo a consumir o Pinhal de Leiria. Uma fotografia tirada a partir da torre dos Bombeiros Voluntários mostra o cenário dantesco desta tarde em Vieira de Leiria.
A fotografia é tão impressionante que há quem julgue nas redes sociais que é uma imagem manipulada. Mas não: esta era a vista para Vieira de Leiria no final da tarde deste domingo, quando centenas de fogos consumiam floresta de norte a sul do país naquele que foi considerado “o pior dia do ano em matéria de incêndios” pela Proteção Civil. A fotografia, captada por Hélio Medeiros, um membro das Forças Especiais de Bombeiros, foi tirada a partir da torre dos Bombeiros Voluntários da Vieira de Leiria e partilhada na página dessa corporação.

(.................)

 

++++++

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu ação urgente face aos incêndios, prometendo falar ao país após a estabilização dos fogos que se registam por todo o continente

++++++

partilha Cecilia Bettencourt

A Associação Nacional de Farmácias ativou o seu plano de emergência para garantir a continuidade da assistência às populações vítimas dos incêndios.

++++++

INFORMAÇÃO
Às pessoas afetadas pelos incêndios, a Aldeia de crianças SOS da Guarda, disponibiliza alojamento e o necessário para as próximas horas! Partilhem sff. Obrigado tlf 924186915

+++++

 
Administrador do grupo Em comunicado aos jornalistas, Patrícia Gaspar, porta-voz da Proteção Civil avança com a informação de que os incêndios que deflagraram durante o fim de semana em território nacional tiraram a vida a 27 pessoas e 51 ficaram feridas na Guarda, em Coimbra, em Viseu e em Castelo Branco. No entanto, “estes não são números finais”.
Nas suas declarações, Patrícia Gaspar referiu que “a excecionalidade que vivemos no domingo ainda se estende durante o dia de hoje”. Em dois dias “atingimos 5424 ocorrências e desde a meia noite de hoje são já 110 os incêndios registado

(..................)

++++++

 

A conferência de imprensa de António Costa, às duas da manhã, na sede da Protecção Civil, em Carnaxide, está a inflamar as redes sociais. Não pelo facto de António Costa lá ter ido, mas pelo que escolheu lá dizer.

Frases como “é um bocado infantil a ideia de que consequência política é a demissão de um ministro” ou “os portugueses querem uma atitude madura” ou ainda “não há bombeiros para acorrer a todas as situações” estão a valer críticas ao primeiro-ministro.

António Costa ainda disse que “a situação que estamos a viver vai seguramente prolongar-se para os próximos anos” e que se os portugueses “julgam que há alguma solução mágica que produz efeitos [imediatos] da reforma da floresta, estão enganados”.

“Como reagir à displicência sobranceira de António Costa num momento destes? Como fazê-lo respeitando o momento e as vítimas?”, escreveu Adolfo Mesquita Nunes, deputado do CDS e eleito vereador da Câmara da Covilhã no Twitter.

(.............)

++++++

Mortos, casas destruídas e pessoas em agonia. Pesadelo das chamas voltou

Mais de 500 fogos deflagraram este domingo, fazendo do 15 de outubro o “pior dia de incêndios do ano”, nas palavras de Patrícia Gaspar, porta-voz da Proteção Civil, aos jornalistas. Depois de casas ardidas, aldeias evacuadas e, até ao momento, seis mortos, eis o resumo de um dia de outono com um calor de verão, que tão cedo não vai ser esquecido.

Pela manhã de segunda-feira, ainda havia 90 fogos ativos, com 4880 operacionais no terreno, apoiados por 1482 viaturas e nenhum meio aéreo. A partir de terça-feira, o valor da temperatura máxima em Portugal vai rondar os 20º, quando nos últimos dias se ficou entre os 30 e os 35 graus, de acordo com o meteorologista do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA). A partir desta segunda-feira há previsão de chuva para o Litoral Norte e Centro, que se estende gradualmente para todo o território até quarta-feira.

(......................)

15 OUTUBRO,SÁBADO

As populações de Falorca de Silgueiros, Mosteiro e Póvoa Dão são retiradas para o Largo de Loureiro de Silgueiros, enquanto as de Outeiro de Farminhão são reencaminhadas para o Largo de Farminhão.

De Vila Chã de Sá, as populações são retiradas para o Largo da Igreja.

Alerta ainda a autarquia para cuidados com a condução de veículos, já que "fumos densos diminuem a visibilidade".

O Plano Municipal de Emergência foi ativado hoje, em Viseu, tendo sido abertos dois centros de acolhimento para assistir os afetados pelos fogos, anunciou a Câmara Municipal de Viseu.

O plano foi ativado pelas 04:00 por decisão do presidente do município, indicou a câmara através de um comunicado divulgado na página da rede social Facebook.

Os centros de acolhimento estão localizados no Regimento de Infantaria, número 14 (na avenida com o mesmo nome), e no Quartel dos Bombeiros Municipais (Praça D. João I).

"Aqui as populações poderão encontrar abrigo, apoio e os bens essenciais neste período de emergência", afirmou a autarquia.

(.....................)

++++++

A zona urbana da cidade de Gouveia, na Serra da Estrela, foi atingida pelos incêndios e há registo de casas ardidas e de pessoas desalojadas, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal.

 

Segundo o autarca Luís Tadeu, "o incêndio entrou na cidade de Gouveia, arderam casas e estão pessoas desalojadas".
Pelas 00:00, o autarca que estava no terreno a acompanhar a situação, afirmou à Lusa que "arderam pelo menos três casas".


Luís Tadeu adiantou que a Câmara Municipal de Gouveia já tratou "de realojar as pessoas", em número que não soube precisar.

A zona urbana da cidade de Gouveia, na Serra da Estrela, foi atingida pelos incêndios e há registo de casas ardidas e de pessoas desalojadas, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal.

Segundo o autarca Luís Tadeu, "o incêndio entrou na cidade de Gouveia, arderam casas e estão pessoas desalojadas".
Pelas 00:00, o autarca que estava no terreno a acompanhar a situação, afirmou à Lusa que "arderam pelo menos três casas".


Luís Tadeu adiantou que a Câmara Municipal de Gouveia já tratou "de realojar as pessoas", em número que não soube precisar.

++++++

A zona urbana da cidade de Gouveia, na Serra da Estrela, foi atingida pelos incêndios e há registo de casas ardidas e de pessoas desalojadas, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal.

Segundo o autarca Luís Tadeu, "o incêndio entrou na cidade de Gouveia, arderam casas e estão pessoas desalojadas".
Pelas 00:00, o autarca que estava no terreno a acompanhar a situação, afirmou à Lusa que "arderam pelo menos três casas".


Luís Tadeu adiantou que a Câmara Municipal de Gouveia já tratou "de realojar as pessoas", em número que não soube precisar.

++++++

Secretário de Estado pede à população que combata as chamas: "Não podemos ficar à espera dos bombeiros"
Portugal accionou o Mecanismo Europeu de Protecção Civil e o protocolo com Marrocos.
Fogo alastra a zonas onde há habitações em Braga
Há habitações "pelos locais por onde o fogo se está a propagar", nas freguesias de Lamaçães e Fraião, e que "há razões para preocupação", afirmou o vereador da Protecção Civil de Braga, citado pela Lusa.

Segundo o responsável pela Protecção Civil bracarense, "há razões para preocupação", salientando que "até ao momento não há qualquer ferido a registar ou habitação atingida". Firmino Marques realçou ainda que, "ao contrário de informações que circulam, o Hospital Privado de Braga não foi evacuado nem está em risco".

À agência noticiosa, fonte da GNR confirmou que duas estradas municipais que servem o Santuário do Sameiro estão cortadas ao trânsito e que estão a ser dadas instruções aos moradores para se afastarem daquela zona e se deslocarem para os centros urbanos.

(..............)
 

++++++

 "Em caso de necessidade de assistência médica dirija-se aos Gimnodesportivos Municipais 1 e 2 (localizados junto ao parque/feira e piscinas cobertas), onde estão sediadas equipas médicas", informa a autarquia de Seia em comunicado publicado no seu sítio da internet e nas redes sociais.
Segundo a autarquia presidida pelo socialista Carlos Filipe Camelo, o apelo é feito para que, neste dia marcado pelos incêndios florestais, o Hospital Nossa Senhora da Assunção apenas seja "utilizado em situações prioritárias, de manifesta urgência".

Com a medida, a autarquia pretende que o serviço de saúde pública do hospital possa "conseguir dar resposta ao atendimento".
(....................)

++++++

 

A localidade de Praia da Vieira, na Marinha Grande, está a ser evacuada desde 17:30, na sequência de ordem emitida pela GNR, disse à agência Lusa uma moradora da freguesia.

As pessoas apenas podem deslocar-se para a Praia do Pedrógão, já no concelho de Leiria, acrescentou a mesma moradora.............."A GNR está a evacuar a Praia da Vieira. As indicações são ir para a Praia do Pedrógão e é impossível ir para a Vieira de Leiria ou para a Marinha Grande", disse.
 

++++++

 Há bombeiros cercados pelas chamas em Santa Comba Dão, Viseu.
As chamas cercaram bombeiros que se encontram no combate às chamas em Santa Comba Dão, no distrito de Viseu.

++++++

 partilha de Maria José Palhoça
Mais de 1.500 operacionais em Lousã, Alcobaça, Seia e Vale de Cambra
O incêndio da Lousã é o que mobiliza hoje à noite mais meios no país (mais de 500 operacionais), estando os fogos de Alcobaça, Seia e Vale de Cambra a ser combatidos por mais de 300 operacionais cada um.
(...............)

++++++

 partilha de Cecilia Bettencourt

Um incêndio descontrolado lavra em Óbidos e a centena de bombeiros no terreno está apenas a proteger habitações das aldeias de Casais Ladeira, Perna de Pau e Olho Marinho face à escassez de meios, disse o comandante dos bombeiros locais.

Carlos Silva queixou-se à agência Lusa da escassez de meios, explicando que já estiveram no local 132 bombeiros e 32 veículos, mas, devido à ocorrência de outros incêndios na zona de Caldas da Rainha, foram desmobilizados meios, ficando no local cerca de 100 bombeiros e 28 veículos.

De acordo com o comandante dos bombeiros, o incêndio, com três frentes ativas, está a ameaçar habitações nas aldeias de Casais Ladeira, Perna de Pau e Olho Marinho.

Os bombeiros limitam-se a "fazer prevenção às habitações, enquanto o fogo arde livremente, sublinhou o responsável, adiantando que se avizinha uma "noite difícil" face à impossibilidade de serem mobilizados mais meios devido à ocorrência de diversos incêndios no distrito de Leiria.

"Estamos a pedir aos populares que nos ajudem com mangueiras e máquinas agrícolas", disse.

Devido ao incêndio, estão cortados o Itinerário Principal IP6 (Peniche/Óbidos) e a estrada nacional EN114.

(...............)

++++++

 
 O incêndio que lavra em Penacova fez, este domingo, duas vítimas mortais, apurou o Notícias ao Minuto.
Em Arganil, também no distrito de Coimbra, as redes de comunicações colapsaram e o SIRESP está a falhar. Há centenas de pessoas incontactáveis. 

Também na Sertã uma pessoa morreu na sequência do incêndio.

(.............)

++++++

Cinco bombeiros dos Voluntários de Ovar, distrito de Aveiro, ficaram hoje feridos na sequência de um capotamento da viatura em que seguiam, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários de Vale de Cambra.
Segundo Vítor Machado, um dos bombeiros feridos inspira mais cuidados de saúde por ter ficado encarcerado na viatura....Os bombeiros feridos estavam a combater um incêndio na Vila de Macieira de Cambra, em Vale de Cambra, que deflagrou às 07:15 e atualmente mobiliza 198 homens, apoiados por 65 viaturas, de acordo com o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

++++++

++++++

 

SOS

«Ajudem-me por favor!
Sou o João Pedro, um rapaz de 21 anos. Aos 17 anos em maio foi-me diagnosticado um linfoma. Neste mesmo ano e com esta idade dei entrada no Hospital Pediátrico de Coimbra, desde aí tenho andado a fazer tratamentos (Quimioterapia) e levar transfusões de sangue e plaquetas.
Com 19 anos fiz um auto transplante, pensando que fosse ficar bom e que tudo iria voltar ao normal como antes. No entanto, há pouco tempo foi diagnosticado novamente o mesmo problema. Voltando a fazer tratamentos (Quimioterapia) e a levar transfusões de sangue e plaquetas. No entanto, estes tratamentos já não são suficientes para o meu problema e preciso urgentemente de fazer um transplante.
Deste modo venho apelar aos vossos corações e bom senso que me ajudem indo fazer o teste de compatibilidade, visto que preciso de um transplante de medula. 
As pessoas podem dirigir-se:
Ao Hospital dos Covões em Coimbra na unidade de Hematologia.
As pessoas do distrito de Aveiro que me quiserem ajudar peço encarecidamente que me contactem porque em Aveiro terá que se arranjar um grupo de 10 ou mais pessoas para se realizar a colheita no Mercado Santiago, e esta ser transmitida a Coimbra.
Importante:
Idades compreendidas entre 18 e 45 anos;
Não pode ser portador de doenças crónicas;
O meu grupo sanguíneo é Rh0+; no entanto qualquer pessoa de outro grupo sanguíneo pode fazer o teste de compatibilidade.

Contacto:910666243

Muito Obrigado!
Partilhem e divulguem por favor!»

++++++

Previsão do estado do tempo para o Fim de Semana de 14 e 15 de Outubro.

Sábado dia 14: Períodos de céu muito nublado mas com boas abertas.
Vento de S/SE em geral fraco.
Subida da temperatura.

Domingo dia 15: 
Tempo Quente.
Céu pouco nublado ou limpo, apresentando temporariamente muita nebulosidade no Interior Norte em especial.
Possibilidade de aguaceiros pouco frequentes no Interior Norte.
Vento de S/SE moderado soprando mais forte no Algarve até aos 50/60km/h
Pequena subida da temperatura.

Resumindo vamos ter mais um Fim de Semana com cheiro a Verão, máximas muito altas para a época, variando entre os 30ºC e os 36ºC em grande parte do Centro e Sul, em especial no vale do Tejo e Sado, no resto do território máximas próximas dos 30ºC, as mínimas vão ser altas também podendo ter valores tropicais( mais de 20ºC) em muitos locais.

PARA A SEMANA EXISTE MUITA INCERTEZA QUANTO A CHUVA, AS ULTIMAS ACTUALIZAÇÕES DOS PRINCIPAIS MODELOS COLOCAM DE NOVO UMA SEMANA SECA E QUENTE EM TODO O CONTINENTE, SALVO ALGUMA PRECIPITAÇÃO POUCO IMPORTANTE NA SEGUNDA FEIRA. teremos de aguardar para mais garantias e fazer uma previsão o mais correta possível.

 

 

Galeria de Fotos: Página inicial

https://www.youtube.com/watch?v=McdqpqXfLSc
Directo no FACEBOOK---cidadão portugues----denuncia do que se passa com as doações para os SOBREVIVENTES DE PEDROGÃO
 
 
«Obrigado às pessoas de Cáceres (Espanha) pela ajuda enviada hoje para as vítimas de Pedrógão Grande. O vosso gesto traduziu-se não só em bens materiais que enviaram, mas sim e também proporcionaram que pessoas anônimas se juntassem, para ajudar, a descarregar o que enviaram pois o centro de recolha não tinha ninguém. 
Estava fechado. 
Muito, Muito Obrigado!
 
Gracias a las personas de Cáceres (España) por la ayuda enviada para las victimas de Pedrógão Grande. Vuestro gesto se tradujo no sólo en bienes materiales que enviaron, pero sí y también proporcionaron que personas anonimas se unieran y ayudaran a descargar lo que enviaron ya que el centro de acogimiento no había nadie.
Estaba cerrado 
Muchas, Muchas Gracias!
 
#naonoscalamos 
#naoesqueceremospedrogao»

Montagem - Augusto Sousa
Poema : Ana Wiesenberger

As lágrimas não esgotam a dor
A solidariedade conforta
Mas não traz de volta 
Os que nas chamas pereceram
As análises da situação 
Serão estéreis e fúteis
Se delas não surgirem 
Medidas concertadas
Para minorar um flagelo
Que anualmente destrói
O território pátrio
É preciso, que o povo se responsabilize
É preciso, que os governantes actuem
É urgente, exigir soluções
É urgente, gritar
Basta! Nunca Mais!