TODOS OS DIAS 14H-24H horario Portugal Continental

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

25 SETEMBRO, 2ª F

partilha de Augusto Sousa
“O Pingo Doce faz dos baixos salários a política da empresa”, critica o sindicato denunciando a existência de “duas tabelas salariais diferentes” aplicadas em diferentes regiões do país

Trabalhadores do Pingo Doce concentram-se esta segunda-feira em frente à loja de Espinho para denunciar a “discriminação salarial” que dizem vigorar no setor dos hipermercados e naquela cadeia em particular.

Agendada para as 11h30, a concentração é promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP) e irá juntar dirigentes sindicais e trabalhadores do Pingo Doce, nomeadamente da loja de Espinho.

(....................)

++++++

 O aumento da inflação até agosto vai dar aos donos de casas arrendadas a possibilidade de rever os preços dos alugueres em alta. 
"Torna-se público, em cumprimento do disposto no n.º 2 do artigo 24.º da Lei n.º 6/2006, de 27 de fevereiro e n.º 5 do artigo 11.º do Decreto-Lei n.º 294/2009, de 13 de outubro, que o coeficiente de actualização dos diversos tipos de arrendamento urbano e rural, para vigorar no ano civil de 2018 é de 1,0112", pode ler-se numa publicação feita hoje em Diário da República. 
Isto quer dizer que os senhorios podem decidir rever o contrato em pouco mais de 1%, tendo apenas de avisar os inquilinos 30 dias antes da data de aumento efetiva. O aumento não é obrigatório e o arrendatário pode rejeitar, tendo 30 dias para responder com uma contraproposta. 
(.....................)

++++++

partilha de Cecilia Bettencourt --------- 24 Setembro

Os suíços rejeitaram este domingo em referendo mudanças no processo de reformas, como pretendia o Governo, que previa um ano de trabalho suplementar para as mulheres e aumento das contribuições.

Na sequência os resultados definitivos desta votação, organizada conforme o sistema de democracia direta em vigor ma Suíça, as contribuições para as reformas não aumentam e as mulheres não serão obrigadas a trabalhar até aos 65 anos, para alcançar a reforma, num valor pecuniário pleno.

Segundo o sistema em vigor na Suíça, a idade legal de reforma para os homens é aos 65 anos, e para as mulheres aos 64 anos. O diferencial entre os dois sexos deve-se ao facto de que, em média, na Suíça, as mulheres recebem menos do que os homens e, como tal, podem reformar-se um ano antes, com a reforma por inteiro.

O resultado é um reverso para o Governo helvético e, especialmente, para o ministro da Saúde, Alain Berset (socialista), que elaborou a reforma.

(.................)

++++++

 partilha Cecilia Bettencourt---------- (data 24 Setembro)

De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

O Exército já veio dizer que está disponível para retirar de Tancos a Brigada de Reação Rápida e enviá-la para Évora, abrindo assim caminho para os C-130 e C-295 poderem sair do Montijo.

Também a Marinha já deu luz verde para que os helicópteros sejam tranferidos para Sintra.

Desta forma, o Montijo terá condições para se transformar num aeroporto complementar ao de Lisboa.
(................)
 
++++++
Previsão do estado do tempo para a semana de 25 a 29 de Setembro.

2ºFeira dia 25: Céu pouco nublado ou limpo.
Vento de N/NW fraco, soprando moderado para o final do dia No Centro e Sul assim como Litoral norte.
Pequena descida da temperatura.

3ºFeira dia 26: Céu pouco nublado ou limpo.
Vento de N/NW fraco, soprando por vezes moderado no centro e Sul em especial no Litoral.
Pequena descida da mínima e pequena subida da máxima.

4ªFeira dia 27: Céu pouco nublado ou limpo no Sul e com períodos de maior nebulosidade por nuvens médias e altas no Norte e Centro.
Vento de N/NW fraco, soprando por vezes moderado no centro e Sul em especial no Litoral.
Temperatura sem alterações significativas.

5ªFeira dia 28: Céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no Norte em especial por nuvens médias e altas.
Vento de direção variável em geral fraco
Pequena subida da temperatura.

6ªFeira dia 29: Períodos de céu muito nublado em especial por nuvens médias e altas, alternando com boas abertas.
Vento de N/NW fraco, soprando moderado a partir da tarde.
Pequena descida da temperatura.

Resumindo vamos ter uma semana de tempo estável sem grandes alterações ao que temos vindo a assistir, com isto a seca gravíssima a que assistimos cada vez vai se agravando mais. A temperaturas vão se manter amenas durante o dia e mais frescas durante a noite, as máximas no Centro e Sul podem rondar os 30ºC ou ligeiramente acima em especial no interior Sul.

No Fim de Semana o tempo deve se apresentar mais nublado e com vento mais intenso, existe a possibilidade de alguma chuva apenas no Norte no Domingo

Galeria de Fotos: Página inicial

https://www.youtube.com/watch?v=McdqpqXfLSc
Directo no FACEBOOK---cidadão portugues----denuncia do que se passa com as doações para os SOBREVIVENTES DE PEDROGÃO
 
 
«Obrigado às pessoas de Cáceres (Espanha) pela ajuda enviada hoje para as vítimas de Pedrógão Grande. O vosso gesto traduziu-se não só em bens materiais que enviaram, mas sim e também proporcionaram que pessoas anônimas se juntassem, para ajudar, a descarregar o que enviaram pois o centro de recolha não tinha ninguém. 
Estava fechado. 
Muito, Muito Obrigado!
 
Gracias a las personas de Cáceres (España) por la ayuda enviada para las victimas de Pedrógão Grande. Vuestro gesto se tradujo no sólo en bienes materiales que enviaron, pero sí y también proporcionaron que personas anonimas se unieran y ayudaran a descargar lo que enviaron ya que el centro de acogimiento no había nadie.
Estaba cerrado 
Muchas, Muchas Gracias!
 
#naonoscalamos 
#naoesqueceremospedrogao»

Montagem - Augusto Sousa
Poema : Ana Wiesenberger

As lágrimas não esgotam a dor
A solidariedade conforta
Mas não traz de volta 
Os que nas chamas pereceram
As análises da situação 
Serão estéreis e fúteis
Se delas não surgirem 
Medidas concertadas
Para minorar um flagelo
Que anualmente destrói
O território pátrio
É preciso, que o povo se responsabilize
É preciso, que os governantes actuem
É urgente, exigir soluções
É urgente, gritar
Basta! Nunca Mais!